sábado, 30 de janeiro de 2010

Menos palavras, menos expressões

Passei a usar um pouco menos as palavras, há quem me faça retorná-las à boca e até dar boas risadas. Me parece que à cada dia as palavras vem me mostrando menos utilidades.
Queria poder dizer o que realmente penso às pessoas, embora, por bons modos ou vergonha, eu não consigo. Seja qual for a situação.Quanto mais fecho as palavras em minha boca, mais eu me impeço de me expressar, mas as palavras são sinônimo de confissões, por isso, cada palavra que eu uso podem representar confissões que acabo fazendo sem perceber. Seria melhor pra mim não utilizá-las tanto?
Não importa, seria só uma maneira de conter meus sentimentos e evitar mostrar coisas que não deveria. Em certas situações é melhor deixar pra lá e não dizer nada, o que mudaria?
Pode ser coisa da minha cabeça antigamente, mas pensei que pudesse me expressar mais ao me tornar mais velha, porém as expressões e palavras continuam trancadas em minha boca.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Fim de férias,

é um caos.

Tá todo mundo nas últimas semanas de aula. Por acaso essa é minha ÚLTIMA e só parece que minhas férias começaram agora.
A necessidade de ir no shopping, no clube, encontrar os amigos aumentou nessa última semana. Pra ser mais exata, nesses últimos cinco dias.
É a época em que eu compro meus cadernos e lápis para se acabarem em desenhos e histórias fantasiosas (as famosas fanfics) e nunca em deveres. Então o ano LETIVO começa. O que eu diria o ano mais trágico desde que saí do CDC - minha pré-escola. Por quê?
Porque simplesmente eu posso não fazer mais meu hobby preferido, vôlei. Porque minha mãe quer que eu estude mais inglês e vá para um cursinho, pra poder passar em colégios bons no primeiro ano.
Porque eu posso nunca mais ver alguns dos meus amigos do colégio atual, porque eu tô no meu último ano #shit. Eu sei que a gente, hoje em dia, tem tecnologia o bastante pra manter contato com gente no Japão, mais quando se conhece as pessoas pessoalmente o "contato" é diferente.
Porque esse ano não posso tomar recuperação, e tenho que estudar que nem uma condenada.

Enfim, por diversos motivos que podem tornar meu ano horrivel.
O motivo de falar isso? Só pelo fato de eu estar surtando pelo fim das minhas estranhas e curtas férias.

Beijos pra vocês followers e curtam mais suas férias do que eu curti as minhas.
sem imagem porque não tô em casa.