sábado, 31 de outubro de 2009

Halloween


Hoje, dia 31 de outubro, como todo mundo sabe, é o dia das Bruxas, ou como eu prefiro char: Halloween. Pra mim o dia mais esperado do ano, por que é tão divertido ficar vendo séries e filmes na tv sobre Halloween. Mas, então, eu achei que seria legal postar sobre o Halloween já que , pra mim, é uma data muito cool.

Enfim, pra mim o Halloween lembra minha infância, festas e principalmente bruxaria. Poções, feitiços, tudo que é muuuuuito mágico. Lembra bala, vampiros, lobisomens. Aquelas coisas super legais que só vem no dia 31!

E pra você, o que o Halloween lembra?


terça-feira, 27 de outubro de 2009

Stress

Falando a verdade, todo mundo já se estressou. Hoje em dia é difícil ficar em completa paz e armonia. Claro, em toda parte avistamos problemas e mais problemas, sejamos nós novos ou adultos.
É tão comum que os adultos pensem que são "os problemáticos" e esquecerem que nós também somos afetados com o estress do dia-a-dia deles.
Bem, é muito fácil dizer que não somos nós, os jovens, que causamos esses problemas, mas não é verdade e, na maioria das vezes estressamos uns aos outros, o que não é muito legal, principalmente quando quem fica estressado é você.

Fatores estressantes para os mais novos:
- Barrulho;
- Escola;
- Irmã(o);
- Acordar cedo;
- Brigas;
- Matemática;
- Adultos estressados.

Fatores estressantes para os mais velhos:
- Política;
- Crise economica;
- Dormir tarde;
- Dinheiro;
- Trabalho;
- Contas;
- Jovens estressados.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Inexplicável

Gente, alguém me explica?
Alguém me explica por que o céu é azul?
Por que o mar é extenso?
Por que nós existimos?
Por que nós amamos?
E, o mais importante, alguém me explica por que tem gente tão... inexplicável?

Por mais que eu me esforce para saber, não consigo todas as respostas. O céu é azul por vários motivos que a ciência explica melhor que eu. O mar é extenso por causa do lugar que ele ocupa, ou que a terra não ocupa. O porquê de existirmos varia por cada religião e crença. Por que amamos? ... eu me pergunto isso todos os dias.
Enfim, POR QUE TEM GENTE TÃO INEXPLICÁVEL? Eu queria muito saber. Por que existem aquelas pessoas ridículas, irritantes e, pior de tudo, apaixonantes.
Entendam. Eu fiquei pensado muito sobre o que quer dizer isso em certas pessoas, e cheguei a conclusão de que, talvez, seja para aparecer para os amigos e, talvez, seja para liberar o stress.
Mas, liberar o stress? Que sentido isso faz? Sim, nenhum. E acabar se apaixonado por pessoas "stressadas" e "aparecidas" é o que acaba acontecendo, e depois sentimos raiva, uma profunda raiva da pessoa que nos faz isso.
E aí, a gente também precisa liberar o stress?

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Vazio, não perda

É tão difícil descobrir certas sensações, como a de perda. Sentir que tudo o que você viveu foi apagado. Explicar a sensação rara é complicado. Explicar "amor" é simplesmente aquele frio na barriga, timides, as pernas ficam bambas e você sente como se te roubassem seu ar, por completo. Agora, como explicar o vazio? Vou tentar.
O vazio é uma coisa que vem derrepente, tipo um tiro, não que eu tenha sentido um, mas uma coisa muito rápida, como se tirasse toda a sua vida, as lembranças e as marcas das coisas vividas. Como dois anos guardados podem ser demolidos em dois minutos. Você sente tristeza, mesclada com vontade. Vontade de chorar e voltar no tempo para saber que, um dia, você precisaria daquilo tudo.
Sentir que a sua trilha sonora se foi, o galãzinho não faz mais sentido, e as cenas se apagaram.
É quase como a sensação de estar isolado, fora do mundo. Às vezes tudo se perde e nada que se faça resolveria, voltar no tempo seria a única solução, mas ela esta fora de cogitação, não é mesmo?
Espero que ninguém nunca sinta essa sensação, não é nada satisfatória, e por mais que você chore e se iluda, aquilo aconteceu, realmente aconteceu, e no futuro você saberá que aquilo não foi erro, não foi desastre, foi somente mais um obstáculo que o tempo e a vida vão apagando. E isso faz com que, aquelas lembranças que pareciam acabar-se ali, se gravasem mais em sua memória, e mais, faz om que elas sejam inesquecíveis e indistrutíveis, o que é o mais importante.
Pra finalizar é bom dizer que é somente vazio, e não perda. Nunca teremos "perdas" na vida, são sempre vazios, vazios passageiros e, com o tempo, superável. Isso tudo faz parte da vida.

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Orgulho

É estranho, é tipo um sentimento súbito. Derrepente, eu li alguma coisa que me alegrou muito num dia cinza e nada animado.
Eu nomiei de orgulho, um orgulho que me fez ter vontade de acordar meus pais e meu irmão pra contar à eles que eu estava orgulhosa e que aquilo fazia parte da MINHA vida e dos exemplos que eu sigo. É curioso me dar vontade de gritar pro mundo sobre uma coisinha boba que aconteceu a quilometros de distância, com pessoas que eu nem conheço pessoalmente, mas pelo simples motivo de serem por quem eu inspiro minhas pequenas frases e simbólicos posts se torna muito importante pra mim.
Enfim, orgulho... seria somente um nome pra ótima sensação de se sentir feliz pelos outros? Ou mais que isso, não importa, orgulho é, pra mim,um motivo de inspira-se em algo ou alguém.
Beijos, de alguém orgulhosa.

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Sonhos

Todos mundo tem ou já teveum sonho, seja ele legal, incrível, exótico ou até impóssivel. Eu acordei em uma manhã de domingo e me deparei com meus sonhos. Me veio a idéia de escrever sobre isso aqui. Bem, eu já tive vários sonhos legais, como viajar pela europa, incríveis, como morar nos EUA e impóssiveis, como conhecer meus ídolos. Então, naquela manhã eu me liguei que eu só tinbha 13 anos e meus sonhos precisavam de uma base, ou seja, se eu queria viajar pela Europa eu precisava saber inglês e pra isso eu precisava estudar, mas além do inglês eu precisaria de dinheiro e pra conseguir isso precisaria de dinheiro e seguir careira, trabalhar e ganhá-lo. Depois pensei que carreira seguir. Na verdade eu deveria ter esses sonhos desde o princípio.
O ponto que eu quero chegar é: meus sonhos de verdade. Agora eu sonho em ser jogadora de vôlei, ou atriz, ou até cantora. Mas por que não uma coisa mais simples?
Porque cada um tem seus sonhos, não é mesmo?! Esses são os meus, os exóticos.