segunda-feira, 25 de julho de 2011

rest in peace

Eu me senti na obrigação de voltar aqui mesmo não alcançando a repercussão que esperava com o último post, mas eu me senti nessa obrigação por um único e claro motivo: no último sábado nós perdemos uma das cantoras mais talentosas da última década.
No sábado, dia 23 de julho, Amy Winehouse foi encontrada morta em sua casa em Londres. Ninguém sabe as causas ainda, mas eu acredito que sejam as drogas, overdose. Nos últimos anos ela esteve se destruído demais, não fazia um show inteiro ou em bom estado físico desde 2008, mas nunca perdeu a voz encantadora.
Eu nunca fui stalker ou a fã número 1 da Amy, mas nunca dispensei uma música dela no meu celular ou no computador, porque a voz dela é indiscritível e incomparável, podem vir com mil pedras na mão por sua vida pessoal, mas não dá para negar que a garota tinha potencial.
Essa é uma das músicas que eu mais gosto da Amy, o clipe que eu mais gosto e a letra que eu mais gosto:



And in your way, in this blue shade, my tears dry on their own.

É uma pena que os tabloides insistam em acabar com a vida da pessoa e honrá-la na morte, foi assim com o Michael Jackson e agora com a Amy, mas não há nada que a gente possa fazer, a não ser parar de acreditar no que os outros dizem e ver as coisas com os nossos próprios olhos.
Então é isso, fica aqui minha homenagem a Amy, que fez história com suas confussões, problemas com vício e seu vozerão. Descanse em paz, A.W.

Um comentário:

  1. Pena que ela não soube arcar com a fama, né? Tinha um ótimo talento (mesmo não sendo fã dela sei disso, tinha uma ótima voz). :)

    ResponderExcluir

O que você achou do post? Deixe mais um pouquinho da sua mágica aqui ! Comenta, vai !