domingo, 16 de fevereiro de 2014

Come meet me in the sky, I'll be waiting for you

Blog de cara nova para estrear minha volta ao mundo blogger !
Eu e meu irmão estamos com uma ideia ainda no papel de fazer um blog conjunto e, além disso, me associei ao Roendo Livros - blog de uma amiga no qual escreverei sobre filmes <3 <3 <3, visitem -, portanto, realmente estou de volta ao blogger e sou oficialmente blogueira de novo. Com toda essa história me bateu uma vontade de voltar a escrever aqui.

E para iniciar a volta, eu vim falar de música. Uma música que não saiu da minha cabeça desde o dia que eu escutei e, desde então, eu acordo cantando ela todos os dias. Por que ? Porque é uma música fofa, com uma melodia simpática e, não sei vocês, me deixa muito mais alegre depois de escutá-la.
A música da qual estou falando é Air Balloon, o novo clipe da Lily Allen que, depois de um hit crítico e muito repercutido, lançou uma música que não tem nenhuma crítica ou reclamação. O clipe, todo composto de animais e imagens do espaço, mantém a simplicidade da música e trás um pouco de país das maravilhas.




Mas, será ? Será que não há nenhuma crítica ? Mesmo que os críticos acreditem que não, a música me passa muito a ideia de vontade de liberdade, coisa difícil para que está o tempo todo nos holofotes. "Take me back to where I can breathe". E, ainda que eu esteja viajando nesta ideia, talvez haja algo implícito no fato de não dizer nada, além de ainda haver o mistério do minuto final do vídeo.
Mesmo que não haja, o que é incomum, porém não inexistente, na carreira de Lily, é uma música que eu recomendo e tenho prazer de deixar no replay o dia todo.
 I don't like dropping names, but Kurt Cobain is all in my face 
 How the hell am I gonna tell him Elvis already took first base?

Espero que tenho gostado do post, e da minha volta do mundo dos mortos. Até a próxima !

Um comentário:

  1. Okay que eu nem tinha pensando por esse lado da música e realmente faz sentido. Seu senso crítico é invejável.

    ResponderExcluir

O que você achou do post? Deixe mais um pouquinho da sua mágica aqui ! Comenta, vai !