sexta-feira, 22 de junho de 2012

"Every year I get half as pretty and twice as drunk"

Bem, como eu disse que ia voltar com o blog, voltei pra postar sobre alguma coisa aleatória que eu goste, rs. Hoje eu realizei finalmente uma vontade que eu tenho desde que foi lançado o primeiro rumor de que o Tim estaria fazendo outro filme com Johnny e com a Helena. Hoje assisti Sombras da Noite (Dark Shadows) e fiquei completamente louca no cinema !



Dark Shadows estreou hoje no Brasil, mas em maio já estava nos cinemas do mundo todo. É esta a mais nova parceria de Johnny Depp com Tim Burton, dupla que já vem fazendo filmes juntos desde o maravilhoso Edward Mãos de Tesoura. Assim como em Edward, Sweeney Todd, A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça, Alice no País das Maravilhas, entre outros, a parceria não teve erro, ao contrário do que li em algumas críticas.
O filme conta sobre a vida tumultuada do vampiro (Johnny Depp) que, depois de 2 séculos preso em um caixão após ser amaldiçoado por uma feitiçeira (Eva Green), se liberta e volta a sua família esquisita de 200 anos depois e quer restaurar a fortuna da família, além de se vingar da bruxa que ainda vive.


Você pode ouvir dizer que a repetição do clima sombrio e um cast regular tenha "desgastado" o novo filme do Burton, mas eu digo o contrário. Johnny não perdeu a aura, nem Tim desistiu de sua carreira, o ar diferente na atuação como Barnabas Collins foi sim totalmente para o personagem. O longo histórico de filmes juntos e o gosto de ambos pela antiga série que deu origem ao filme tornou uma obra realmente burtoniana e com muita comédia.
A atriz Chloë Moretz foi mais uma vez um destaque, assim como em A Invenção de Hugo Cabret (Hugo, que estreiou no início do ano no Brasil), no papel de Carolyn, uma adolescente rebelde com um final super legal, e Michelle Pfeiffer também, depois de trabalhar com Tim em Batman Returns volta como Elizabeth Collins, mãe de Carolyn e ótima anfitriã. Não posso esquecer de mencionar a Helena Bonham Carter que, mesmo com poucos minutos de aparição, deixou o ar do filme mais burtoniano no seu papel como Dr. Julia Hoffman, uma psiquiatra bêbeda linda.
Minha visão geral do filme é que valeu a pena esperar, que as mudanças de "foco" no filme foram ótimas, levando em consideração que ele foi uma adaptação de uma série de tv, além de que equilibrou a comédia, a ação e o tom sombrio (que nunca deve faltar em um filme do Tim Burton).

p.s.: a frase do título é do filme, da Dr. Julia Hoffman.

5 comentários:

  1. Que massa! Eu vi o filme e é bastante legal, hehe.

    ResponderExcluir
  2. Sua crítica ficou melhor que outras que li por aí. Eu ainda não vi o filme, mas sei que como todos os filmes do Tim Burton com o Johnny Depp e a Helena Bonham Carter esse não vai decepcionar.

    ResponderExcluir
  3. mesmo pelo fato de Dark Shadows estar na mira de vários críticos, e de baterem na mesma tecla, como dito, pela forma como Tim Burton demonstra em suas obras, como algo repetitivo, não deixa de ser um caráter único dele que foi consagrado pelo cinema e ainda continua sendo. Achei o filme muito bem protagonizado com um elenco excelente sem dúvida. A comédia e o tom sombrio foi introduzido na medida certa e uma das atrizes que para mim se destacaram foi a Eva Green com o papel da feiticeira, principalmente no final. Então, eu me diverti muito assistindo ao filme, recomendo (:

    ResponderExcluir
  4. sem contar com o Johnny, sem dúvida em qualquer papel que ele faça, ele consegue deixar um caráter único sob o personagem.

    ResponderExcluir
  5. Achei o filme muito bom, e o Tim Burton sem a menor sombra de dúvida conseguiu fazer uma mistura perfeita de comedia e ação, e no meu caso até um pouquinho de suspense (sou medrosa !). Vale a pena ver !!

    ResponderExcluir

O que você achou do post? Deixe mais um pouquinho da sua mágica aqui ! Comenta, vai !