quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

E agora ?

Eu nunca pensei que ia um dia sentir aquela coisa de “caramba, agora que caiu a ficha !”, porém, e é completamente verdade, eu senti. Caiu a ficha de que 2010 acabou, que o melhor ano da minha vida tinha passado, um ano que eu vivi e fiz tantas coisas que às vezes nem acredito que eu fiz mesmo. Não pensei que ia chorar no fim, porque realmente acredito que as coisas acontecem e ficam guardadas na memória, ou não, e não importa quanto tempo passe vai estar sempre ali, basta só ter sido especial. Mas aconteceu diferente dessa vez: me importei com o tempo que passou ! Me importei realmente no fato de não poder voltar atrás. Não poder voltar no dia que eu conheci a MariMoon, não poder voltar no dia que eu conheci as meninas do Lipstick, não poder voltar no dia que a Jullie falou meu nome no palco, no dia que eu gritei loucamente pelos Jonas, no dia que eu conheci uma galera louca em um dos eventos de anime de BH, no dia que foi o primeiro dia de aula de 2010, nos dias que eu me senti feliz de verdade, dias que eu derramei lágrimas de alegria; dias que eu, antes de dormir, relembro todas as noites. E eu não posso fazer nada para que o tempo volte, só continuarei a reclamar e relembrar, sempre e sempre. Além de agradecer a quem fez parte desses momentos bons.

Agora, em 2011, vou encarar uma nova escola, pessoas desconhecidas, professores diferentes, normas diferentes das que eu vivi por tanto tempo. Vou encarar novos momentos que tem chances de não serem tão bons quantos os do ano passado. Encarar a saudade, saudade essa maior do que a que senti em 2010, saudade de algumas pessoas que estiveram comigo durante treze anos e agora, talvez, eu mal as veja. E só me pergunto “e agora?”, como vou fazer para lidar com tudo isso sem cambalear ?

Eu realmente só sinto que tenho que arriscar, porque não se levanta se não houver queda, e não há queda se não houver o primeiro passo. Esse primeiro passo é o que eu chamo de tentar. E tomara que haja muitos motivos, para mim e muitos outros, para andar de cabeça erguida.

Mais uma vez: obrigada de coração as pessoas especiais que transformaram meu ano em algo inexplicavelmente alegre e especial. Vocês que estiveram comigo em tantos momentos, não há do que reclamar, vocês merecem tudo de bom em 2011, que todos os desejos mais profundos se realizem e que seja milhões de vezes melhor que 2010.

3 comentários:

  1. "quem não arrisca não petisca"
    Queria voltar no tempo também ,reviver alguns dias , mas como a gente não pode , vai fazendo dias melhores também no futuro . Que seu ano seja repleto de surpresas boas Taís , beijos :*

    ResponderExcluir
  2. O incrivel é : para alguns o ano foi maravilhoso ( como você ), já pra outras ( como eu ) já não foi tão bom. Não que tudo foi horrivel, eu também tive momentos que tenho vontade de voltar; é só que não gostei tanto de outras coisas.
    é, eu também tive essa sensação de cair a ficha, nesse ano eu vou pra faculdade e já tá me dando um friozinho na barriga :s
    beijos Tais :*

    ResponderExcluir
  3. Força, seu 2011 será ótimo se você quiser!

    ResponderExcluir

O que você achou do post? Deixe mais um pouquinho da sua mágica aqui ! Comenta, vai !